09/11/2018 16:20:00

CASAMENTO

O Check-list definitivo para planejar o seu casamento.

Vou casar!

Fala a verdade, você está sofrendo para planejar o seu casamento?

Para os casais mais desesperados, se acalmem!

São inúmeras coisas para olhar durante um bom tempo, mas para que nada seja esquecido, basta ter às mãos um check-list completo e definitivo como esse. Afinal, ninguém quer ganhar mais alguns fios brancos de cabelo durante esse processo!

Sempre que precisar, basta consultá-lo para ver se há algo que passou despercebido.

Se você seguir esse passo a passo para planejar seu casamento, não terá com o que se preocupar.

Nele abordaremos desde a definição de orçamento, data e local, até os profissionais do dia da noiva, as roupas de todos e os mínimos detalhes para que o grande dia do casal seja perfeito. Falamos até da mudança para a casa nova! Incrível, não é mesmo?

E então? Vamos lá?

#1 Defina o orçamento

Definir o orçamento é o primeiro passo para planejar seu casamento.

Por um motivo bem simples: todas as suas escolhas dependerão do valor disponível para gastar com a cerimônia, com a festa e com a lua de mel.

E não se preocupe! Existe um casamento impecável para cada bolso.

Basta que o planejamento seja bem feito!

Para definir o orçamento, é preciso pesquisar cada detalhe.

Dê uma olhada geral no nosso guia e veja quantos produtos e serviços se incluem ao planejar seu casamento.

Com a pesquisa, você conseguirá encontrar aquilo que se adequa ao orçamento e se preparar para uma negociação mais efetiva com os fornecedores.

E como fazer uma pesquisa completa?

Bem simples.

Em cada etapa (cerimônia e festa), faça 3 orçamentos dos produtos e serviços necessários. Considere as variações de preço e de qualidade, o tempo de entrega e a assistência fornecida.

Aqueles que melhor se adequarem aos seus desejos, separe. São esses valores que se encaixarão no seu orçamento.

Muito importante...essa dica é valiosa!

Não se esqueça de anotar tudo!

Nesse momento, não podemos contar somente com a nossa memória, porque certamente ela vai falhar!

Faça uma planilha e tenha ela sempre a mão. Se preferir, faça as anotações em um caderno ou agenda e coloque aqui apenas os assuntos relativos a seu casamento. Não misture assuntos!

Se não é muito adepta da tecnologia, você pode organizar todos os seus orçamentos, contratos e demais documentos de forma física, impressa, em uma pasta, aquelas com plástico. Identifique cada plástico por assunto: local do evento, buffet, música, cerimônia religiosa, vestido e acessórios, lua de mel, documentos pessoais etc...

Mas, voltando ao orçamento....

Lembre-se de que é preciso considerar alguns pontos finais para definir o investimento:

- Os familiares ajudarão financeiramente?

- Qual o valor mensal que poderá ser economizado, considerando as despesas fixas do casal?

- Por quanto tempo vocês economizarão?

 Com todas as respostas, você já é capaz de começar a olhar as coisas práticas para planejar seu casamento.

 

#2 Escolha a data

A escolha da data deve ser feita com cuidado na hora de planejar seu casamento por vários motivos.

O primeiro deles é que ela influencia diretamente no planejamento financeiro. O preço dos serviços varia nas diferentes épocas do ano e também dependendo do dia da semana.

E você sabia?

Maio é considerado o mês das noivas, mas em setembro e dezembro são os meses em que mais ocorrem casamentos no Brasil!!!

É isso mesmo!

Os preços nestas épocas costumam ser mais salgados!!!

Mas também tenho boas notícias!!!

De modo contrário, o mês de agosto é o mais evitado do ano por superstição. Se isso não te pega, é uma ótima opção!

Quer mais uma dica incrível para economizar?

Escolha um dia de semana! Sim, nos dias úteis, geralmente os serviços são bem mais baratos que nos finais de semana!

E antes que você pense que é uma loucura fazer uma festa de casamento em um dia útil, vou te passar mais uma dica sensacional!

Aposto que essa você não considerou:

Você pode verificar um dia de semana que antecede um feriado, por exemplo. Bacana, não é mesmo?

Ah! E os domingos costumam ter valores mais baixos também!

Mas, ainda que o orçamento seja importante, não podemos escolher tudo somente pelo preço! É preciso ter muita atenção a outros detalhes.

Considere também as condições do tempo. Se você pretende se casar em um salão fechado, não é exatamente um problema, pois ele será climatizado e tanto faz se fizer chuva ou sol.

Só que não...

Se no mês do seu casamento as chuvas forem frequentes, avalie as possibilidades de um local com estacionamento coberto. Isso fará toda a diferença na sua chegada e na entrada dos convidados.

Imagine os seus convidados, principalmente as mulheres, produzidas, maquiadas, lindas, com penteados elaborados e enfrentando aquela chuva toda!

Não é nada bom, não é mesmo?

E não pense que é preciso escolher a data somente da festa. Alguns casais fazem questão do casamento religioso, então é preciso olhar a agenda das igrejas.

Outros fazem o casamento civil separadamente, exigindo a escolha de data para esse momento.

 

#3 Delimite o número de convidados

Você quer fazer uma superfesta, com centenas de convidados, ou prefere fazer um mini wedding (está na moda), com amigos e familiares mais próximos?

Um dos pontos delicados na hora de planejar seu casamento é delimitar o número de convidados. E isso depende do orçamento, claro.

Para quem não quer gastar demais, não será possível convidar aquele amigo do pai que só te conheceu na infância.

Mas se dinheiro não é um problema, é possível estabelecer um número alto de convidados e contemplar todo mundo.

Então, fica a dica:

Na hora de fazer a lista, baseie-se em prioridades, porque você pode cortar pessoas ao final, se necessário!

 

#4 Pense o estilo da comemoração

Clássico ou descolado? Rústico ou sofisticado?

Na hora de planejar o casamento, é preciso pensar no estilo da comemoração que mais combina com a personalidade do casal.

Dentro de um salão fechado, dependendo do salão, caso ele possua uma arquitetura flexível, pode-se transformar o espaço naquilo que os noivos desejarem!

Haverá uma cerimônia na Igreja ou ela será no mesmo espaço da festa? Será uma comemoração diurna ou noturna?

Pense em todos esses pontos na hora de definir o estilo.

 

#5 Defina o espaço

Mesmo que você tenha somente uma ideia vaga sobre o estilo da comemoração, já deve saber o principal, aquilo que não abre mão.

Com isso em mente, pesquise os locais de festa que você conhece e que mais se encaixa no seu orçamento.

Uma boa forma de definir o local é vendo fotos de festas já realizadas nele para saber como ficaria a disposição das mesas, as possibilidades de decoração e outros detalhes.

As fotos vão ser muito úteis também para você se inspirar!!!!

Então, vale a pena investir um tempinho nisso!

 

#6 Busque referências para as roupas

Você viu os últimos casamentos reais? Preferiu o vestido simples de Meghan Markle ou o bordado de Kate Middleton?

Que tal um cravejado de pedras, como o da herdeira da Swarovski (no caso, cravejado de cristais)?

Seja qual for o seu gosto, no início do planejamento do casamento é importante ir guardando todas as referências que encontrar para as roupas da celebração.

E não se esqueça!

O vestuário irá seguir o estilo do casamento! Para festas na parte da manhã, geralmente adota-se um estilo mais leve, com menos brilhos. Mas não menos elegante!

Já nas cerimônias noturnas, o vestuário pode ser mais suntuoso.

Portanto, o estilo e horário do casamento irão indicar o estilo de vestuário.

Vestido de noiva, vestido das madrinhas, cores, modelos, traje do noivo.

E na hora de escolher, se for uma companheira, vocês podem buscar referências juntas!

Tudo que vocês gostarem deve ser considerado para facilitar na hora de ir em busca do vestido perfeito!

 

#7 Defina o buffet e as bebidas

Quando você estava estimando o orçamento, fez cotações com vários buffets e serviços de bar, certo?

Pois bem. É hora de separar tudo aquilo que gostou e definir quem será seu fornecedor!

E aí chega uma parte muito boa da história!

A degustação será um momento prazeroso quando planejar seu casamento, e ela pode acontecer nessa etapa!

Doces, bolos, salgadinhos, pratos, tudo deve ser experimentado e aprovado pelos noivos, que escolherão aquele que tiverem um bom custo-benefício.

E atenção!

Lembre-se de incluir opções vegetarianas e veganas para os possíveis convidados que são adeptos.

É também neste momento que você deve avaliar se vale a pena pedir alguém para trazer algumas bebidas de fora do país, se for possível.

É bom olhar isso o quanto antes para se precaver.

 

#8 Visite o local da comemoração

Se você já escolheu seu salão de festas, não deixe a visita para uma data próxima ao casamento.

As fotos dão uma ideia de como é tudo, mas não conseguem mostrar exatamente o que o local oferece.

Além disso, a visita pode dar inspirações para decoração e outros detalhes que ainda não foram pensados para o seu casamento.

É possível montar um lounge perto da mesa do bolo?

Existem dois ambientes bem separados?

Onde a pista de dança ficará?

Somente com a visita é possível visualizar tudo na prática.

 

#9 Procure referências para fotografia e filmagem

Nos últimos anos, a procura por uma filmagem diferente cresceu. Afinal, poucas são as pessoas que assistem ao próprio casamento depois que as celebrações terminam. No máximo, veem uma vez e esquecem o arquivo em algum HD ou DVD.

Só que isso vem mudando, especialmente com os profissionais que fornecem uma filmagem que se aproxima de uma fotografia cinematográfica.

Atualmente, muitos vídeos de pequenos minutos fazem muito sucesso, porque contam a história da celebração de forma sucinta e maravilhosa.

Fica a dica para quem não gosta das filmagens tradicionais, porque este é o momento de procurar por esse serviço!

Além da filmagem, é preciso pesquisar o estilo dos fotógrafos que fazem casamento.

Não se engane: fotografar casamento requer prática e conhecimento.

Por isso, escolha com cuidado os profissionais que têm esse know how para captar as melhores fotos da cerimônia e da festa.

 

#10 Comece os cuidados com saúde e beleza

Um ponto negligenciado pelos casais na hora de planejar seu casamento é a saúde. Poucos se preocupam com seu corpo, e aqui não se fala somente em aparência.

Como estão seus exames médicos e sua saúde psicológica?

É hora de realizar um check-up completo!

É preciso saber se tudo anda dentro da normalidade, porque o casamento demanda um gasto de energia considerável, tem a lua de mel em seguida, a mudança de casa, a nova vida de casado.

Os noivos precisam estar bem para este momento tão importante.

E também muitas pessoas podem se sentir incomodadas com algum aspecto de sua aparência, especialmente o excesso de peso, já que estamos em uma sociedade que estabelece um padrão de beleza, infelizmente.

Se for o seu caso, cuidados com a pele, atividade física e alimentação equilibrada são algumas práticas que podem aumentar seu bem-estar e a sua segurança no grande dia.

 

#11 Busque as referências de decoração

Você já conheceu o local e pensou o estilo da comemoração. Provavelmente, conversou com os profissionais do espaço e viu fotografias sobre os eventos realizados nele.

Gostou de alguns detalhes da decoração? Guarde. Estava vendo um filme, e o casamento da personagem é tudo aquilo que você imaginou para o seu? Anote.

Separe qualquer referência ou inspiração de decoração e iluminação que você goste para não perder essa informação no meio de tantos detalhes na hora de planejar seu casamento. Pode ser no celular ou no notebook. O importante é salvar.

Depois, basta passar as referências ao decorador para que ele desenvolva algo dentro das suas ideias.

Quando estiver perto das celebrações, você precisará apenas alinhar pequenos detalhes para que a decoração seja o retrato da personalidade do casal.

 

#12 Pesquise locais para Lua de Mel

Quem disse que na hora de planejar seu casamento só pode pensar nos detalhes da festa e da cerimônia?

Separe algumas horas para pesquisar os locais para a Lua de Mel.

Afinal, vocês merecerão um bom descanso e uma comemoração mais íntima para aliviar o cansaço que antecedeu tudo.

E planejar a viagem é um grande prazer!!!!

Japão, Tailândia, Itália, Grécia, Caribe. O que mais combina com vocês? Praia ou montanha? Metrópole ou interior? Comece a pensar nos possíveis destinos para traçar um orçamento paralelo e aproximado da viagem pós-casório.

Quando faltar cerca de 5 meses para o evento, comece a concretizar tudo. Optando por uma agência de viagens ou organizando tudo por conta própria, é preciso colocar a mão na massa.

Feche a hospedagem, compre as passagens, pesquise passeios e faça as reservas necessárias para uma viagem tranquila.

Não deixe para última hora!

 

#13 Escolha as atrações musicais

Você quer uma banda de rock e seu noivo quer um grupo de samba?

Se não tiver orçamento para todas as atrações musicais, vocês podem optar por uma banda que toque tudo ou por um DJ.

Ou entrar em um acordo para escolher os detalhes de quem será o responsável por animar a festa.

E vale uma dica!

Há casamentos que contratam outros tipos de atrações para entreter os convidados, como mágicos e outros profissionais.

Se couber no seu orçamento e for do seu agrado, considere.

 

#14 Visite os locais para escolher a roupa e os acessórios

Lembra-se do momento em que você separou referências para as vestimentas do casamento? É nessa hora que você as usará.

O estilo do vestido que você quer já está na cabeça, e agora é preciso procurar os locais que tenham possíveis modelos que te agradam. Se forem dois noivos, essa etapa pode esperar um pouquinho.

Esse pode ser um momento chato e cansativo. Mas necessário. Afinal, você deseja estar estonteante. Cogite explorar lojas de fora da sua cidade para ter mais opções.

Nesta hora, você também deve cogitar a compra e a locação do vestido.

Como é um momento único, muitas mulheres optam por alugar tudo, já que não usarão novamente.

 

#15 Escolha as madrinhas e os padrinhos

Já falta menos de 1 ano para o casamento? É hora de escolher todos os integrantes especiais da cerimônia, que estiveram ao lado do casal durante a relação, bem como as daminhas e pajens.

Madrinhas e padrinhos são escolhidos conjuntamente pelos noivos, que manifestam todo seu afeto na hora de convidá-los. Por isso, vale a pena pensar em formas especiais de fazer o convite.

Abuse da sua criatividade: um vinho, uma gravata, uma joia, explore tudo que vier à sua mente espontaneamente ou pesquisando na internet.

 

#16 Dê uma olhada na documentação

 

Para se casar no civil, você precisará da identidade e da certidão de nascimento. Está tudo ok com esses documentos?

É comum que as certidões fiquem com as mamães, por isso vale a pena ver se ela já está com você.

Além da documentação para o casamento, dependendo do destino da lua de mel, você precisará de passaporte válido, visto e cartão de vacinas em dia.

Dê uma olhada no que precisa ser feito.

Lembre-se!

É preciso alguns dias ou meses para tirar o passaporte ou o visto, respectivamente. Não deixe para a última hora.

 

#17 Pense no modelo de convite

Um casamento que você foi há 3 anos tinha um convite lindo! Lembrou-se dele? Acha que o seu convite pode seguir a mesma linha? Já está na hora de pensar nisso.

Pesquise várias referências, mas tenha sempre em mente o estilo de casamento que vocês escolheram para que tenha uma identidade nas comemorações.

 

#18 Pesquise tudo para o dia da noiva

Penteado, maquiagem, unhas, massagem e todo um cuidado especial no dia da noiva. Mas quem serão os profissionais responsáveis por mimar você neste dia?

Você tem algum salão de confiança ou aquela amiga que faz a melhor maquiagem?

É preciso escolher todos eles agora para conseguir a agenda certinha.

Cabeleireiro, massagista, maquiador, manicure, pedicure, são muitas pessoas para conciliar, por isso é interessante prevenir e marcar o quanto antes.

Além disso, busque ideias que mais combinam com você para o casamento.

Para o penteado, você pode preferir o cabelo solto ao coque elegante. E está tudo bem. Basta reunir referências para passar ao profissional.

O mesmo ocorre com a maquiagem: há mulheres que preferem maquiagens mais pesadas, enquanto outras gostam do estilo clean.

 

#19 Agende a prova do vestido

Você já comprou ou alugou seu vestido e escolheu os acessórios.

Quando faltar poucos meses para o casamento, é hora de agendar a prova, já que podem ser necessários alguns ajustes.

O comprimento pode estar maior do que devia ou o busto pode estar largo. Esses pequenos detalhes podem deixá-la desconfortável em plena cerimônia, o que não é nada agradável.

Evite essas surpresas.

Na hora da prova, já vale levar aquele sapato maravilhoso e os acessórios que você comprou para ver se eles realmente combinam com o vestido.

Se não estiver harmonizando legal, ainda há tempo de encontrar novas ideias.

O importante é você se sentir linda e confortável!

 

#20 Escolha as lembrancinhas

Um doce inusitado, uma planta que é a cara do casal, um vinil personalizado, uma taça comemorativa. O que combina com vocês?

Aquilo que os convidados levarão para casa e, no primeiro olhar, se lembrarão do casamento!

A lembrancinha costuma ser algo deixado de lado pelos noivos, mas é um item importante que não só reflete a personalidade de ambos, mas representa um carinho com os presentes.

Quer uma ideia muito legal?

Se você já está farta de pensar em tantos detalhes, esse é o tipo de tarefa que você pode delegar para aquela amiga super criativa e descolada.

Depois que ela reunir várias opções, é só escolher a que mais te agradar.

Ficou bem mais fácil, não é mesmo?

 

#21 Escolha o traje do noivo

Uma noiva linda merece um noivo lindo. Se forem duas noivas, essa etapa ficou lá atrás na hora do vestido. Se forem dois noivos, que estejam muito bem vestidos para a ocasião.

Se ele ainda não faz ideia do traje do casamento, você poderá ajudá-lo a escolher aquilo que fica bonito e confortável. E que esteja de acordo com o estilo determinado para a cerimônia!

Além de acessórios elegantes, como o suspensório, ele pode optar por uma gravata borboleta ao invés da convencional.

Poderá, também, querer um terno cinza ou azul ao invés de preto.

Considerando o gosto dele, há diversas opções que o deixará impecável e à sua altura.

 

#22 Agende o dia da noiva

Depois de ter pesquisado tudo sobre o dia da noiva e ter sondado a agenda de todos os profissionais, é hora de marcar esse dia tão especial.

Cerca de 5 meses antes do casamento é o momento ideal para que nada dê errado!

 

#23 Escolha as roupas das daminhas e pajens

Lembra-se daquele momento inicial em que você salvou várias fotos de vestidos, trajes e outras vestimentas do casamento?

Você as usará novamente agora para escolher as roupinhas dos pajens e das daminhas.

Será um ataque de fofura, porque essas roupas são lindas demais!

Nessa hora, é interessante que eles estejam harmonizando entre si e com o casal.

Se o noivo optou por um terno com colete e gravata, que tal colocar os pajens da mesma forma?

E se ele preferiu suspensório e gravata borboleta? Os pajens ficariam lindinhos da mesma forma e, para completar, com boinas.

Já as daminhas, você deve pensar não só no vestidinho, mas também nos acessórios. Elas colocarão flores ou laços no cabelo?

Enfim. São muitas possibilidades que o casal pode explorar.

Depois de escolher tudo, agende as provas dessas roupas com os papais da criançada.

 

#24 Escolha seu buquê

O buquê, assim como o vestido e outros acessórios, é uma extensão da personalidade da noiva.

Há aquelas mais clássicas e elegantes que gostam de uma única espécie de flor, com somente uma cor.

Por outro lado, há noivas irreverentes, que gostam de um buquê diverso, colorido e alto astral.

Qual o seu estilo?

Muitas noivas atualmente têm escolhido um buquê para as fotos e para a cerimônia e outro para jogar para as convidadas (fazer uma brincadeira com elas). É uma opção.

Enquanto o primeiro é mais rebuscado e harmoniza melhor com o vestido, o segundo pode seguir uma linha mais livre.

Um ponto, porém, deve ser levado em consideração!

As flores têm uma estação. Se você escolhe um buquê de tulipas, que é uma flor de climas mais frios, em pleno verão, provavelmente terá um gasto a mais para consegui-las.

E elas já são mais caras naturalmente.

Portanto, quando for definir a data, pesquise também quais são as flores da estação!

 

#25 Verifique as reservas da Lua de Mel

Faltam só 3 meses para o casamento?

Alguns detalhes da cerimônia e da festa já estão certinhos, mas e a lua de mel?

Esse é o momento de conferir todas as reservas feitas!

A hospedagem deve estar reservada, as passagens compradas, assim como transfer e passeios.

Isso evitará qualquer problema quando a hora da viagem chegar.

E também ainda dá tempo de fazer o que estiver faltando sem descabelar.

 

#26 Entregue os convites aos convidados

Quando estiver faltando 2 meses para o casamento, comece a entregar os convites aos convidados.

Se o casal tiver muitos familiares e amigos fora da cidade, é recomendável que entregue com uma antecedência até maior para que eles consigam se programar melhor.

Alguns precisam comprar passagem aérea ou adequar a agenda. E há aqueles que gostam de olhar uma roupa nova para a ocasião. Afinal, é o seu casamento!

E como fazer isso?

Há várias opções.

Você pode delegar essa tarefa a alguém que esteja disponível para deixar os convites nas casas dos convidados que moram na mesma cidade, entregar para outros familiares que podem repassar aos demais ou pode enviar pelos Correios.

 

#27 Faça um site de casamento e uma lista de presentes online

Felizmente, a tecnologia veio para facilitar muitas coisas. Inclusive a lista de presentes.

Já imaginou como era feito há alguns anos atrás, quando as pessoas compravam os presentes para os noivos e tinham que ir entregar na casa deles antes ou depois do casamento?

É muita mão-de-obra!

Por isso, quando já estiver mais próximo ao evento, os noivos devem fazer uma lista de presentes online.

Há vários locais que oferecem esse serviço, e você pode, inclusive, dar mais de uma opção aos convidados. Assim, eles poderão escolher um presente que cabe no bolso.

Além da lista, é interessante fazer um site de casamento com algumas curiosidades do casal e com um campo para confirmar presença no evento.

Isso é importante para se ter uma noção do número de convidados.

Certamente, para fazer esse site ficar bonito, vocês já devem ter feito algumas fotos pré-casório. Aquele famoso ensaio antes do casamento!

Aí é só deixar a criatividade rolar!

 

#28 Converse com a banda sobre as músicas

Todo grupo musical que toca em casamentos possui um repertório comum, mas isso não impede que o casal peça as músicas que acha indispensáveis para a cerimônia.

Afinal, esse momento é seu!

Por isso, poucos meses antes do casamento, converse com a banda sobre as músicas que não podem faltar.

Tem uma canção que retrata a história do casal? Seria bonito se ela fosse a música de saída.

Tem até noiva que canta para o noivo e vice-versa…

Se vocês são aquele casal nerd, o tema de Star Wars já foi música de casamento.

É a hora de ousar e personalizar ainda mais, dentro das concessões que a banda pode fazer.

Aproveite também para trocar uma ideia com a banda da festa, se for o caso. Ela também costuma abrir algum espaço para o pedido dos noivos.

 

#29 Teste o penteado e a maquiagem

Deixar para o dia do casamento o penteado e a maquiagem pode ser um grande risco, por melhores que sejam os profissionais que você escolheu.

É importante fazer esse teste alguns dias antes para que nada saia diferente do que você deseja. Sua escolha realmente agradou?

Sua cabeleireira pode ter uma sugestão que te deixará ainda mais linda na hora do “sim”.

Se for necessário, faça mais de um teste com as opções que ela deu. Da mesma forma, a maquiadora.

Você tinha em mente uma maquiagem mais carregada, mas a sugestão dela para uma opção mais clean fez você mudar de ideia?

Ainda há tempo!

 

#30 Organize o chá de panela

Para aqueles noivos que ainda não moram juntos e não têm uma casa montada, o chá de panela servirá para começar os trabalhos de montagem.

Normalmente, ele acontece cerca de 1 mês antes do casamento e reúne aqueles amigos e familiares mais chegados.

Você está muito atarefada para organizar esse evento?

Pode delegar a responsabilidade para a madrinha ou o padrinho, para o irmão ou para uma amigona!

É algo bastante simples!

É neste mesmo momento que as amigas e familiares da noiva organizam o chá de lingerie.

Pode ser algo para abranger as tias mais velhas (um chá mais tradicional e comportado) ou um chá só para as mais jovens, com tudo aquilo que a gente já sabe que existe!

 

#31 Faça a despedida de solteira

Na hora de planejar seu casamento, um dos pontos a ser discutido pelo casal é a despedida de solteiro. Se ambos concordarem com o evento, ele ocorrerá um pouco antes das celebrações.

É importante estabelecer regras...

Ou concordar que não há regras também é uma possibilidade! E deixar isso claro para os amigos.

Com uma conversa transparente, você se diverte com a consciência tranquila.  Combinado não sai caro, e cada casal é diferente.

Não existe uma fórmula pronta. Portanto, antes de a despedida acontecer, converse novamente com o noivo ou com a noiva para acertar os detalhes dessa “comemoração”.

 

#32 Acerte os detalhes do casamento

Passando o olho nesse check-list para planejar seu casamento, veja se tudo está acertado.

Todos os fornecedores e profissionais necessários foram devidamente contratados?

Há algum pagamento pendente?

Dia da noiva, prova das roupas, convites enviados, música da cerimônia, decoração.

É hora de dar uma olhada geral e acertar os últimos detalhes do casamento, inclusive financeiros e burocráticos.

 

#33 Envie as alianças para polir

Se você lembrou desse detalhe, espontaneamente, você já deve saber tudo sobre como planejar seu casamento!

Essa é uma etapa que passa batido por 99% dos noivos. Polir as alianças, que brilharão tanto quanto você no grande dia!

 

#34 Faça a última prova do vestido de noiva e do traje do noivo

 

Os últimos meses que antecedem o casamento já são vividos com a ansiedade lá no alto!

Mas o casal precisa ter consciência de que a última prova das roupas acontece dias antes das celebrações.

Então, atacar a geladeira não é uma opção inteligente nesse período, já que a prova servirá para ajustes pequenos, como acertar a bainha da calça.

Não tem como fazer nada muito extravagante.

Então, vai uma dica muito séria!

Controlem-se!

 

#35 Converse sobre o roteiro da cerimônia e o horário de chegada

O penúltimo item do checklist para planejar seu casamento diz respeito ao roteiro da cerimônia e o horário de chegada de pais, madrinhas, padrinhos, daminhas e pajens.

Nos últimos anos, temos visto novos modelos de cerimônia, em que os pais entram antes dos noivos, e cada um entra sozinho. Porém, nada impede que você faça a caminhada tradicional acompanhada da figura paterna, certo? É a escolha de cada um.

Em geral, madrinhas e padrinhos chegam meia hora antes do início da cerimônia para que o cerimonial os organize. Nesta conversa, que ocorre dias antes do casamento, já está definido quem entra com quem.

No dia da grande festa, tudo correrá de forma mais tranquila.

 

#36 Organize a mudança para casa nova

 

Enfim, o último ponto que você deve considerar na hora de planejar seu casamento é o período seguinte à lua de mel.

A mudança para a casa nova não precisa ser um momento de pura bagunça!

Mas para que seja prazeroso, é preciso deixar tudo no jeito antes das celebrações.

O enxoval comprado (ou que você ganhou de presente) já está separadinho?

Os itens básicos que o casal precisa para viver na casa nova já estão lá?

Alguém vai ajudar na mudança?

Sente com seu noivo e pense nos detalhes para realizar essa mudança de forma leve. É um momento muito gostoso para o casal.

Certamente, com a nova rotina e a dinâmica da casa, também é necessário conversar sobre a divisão de tarefas e despesas.

Aproveite as horas de folga nos meses que antecedem o casamento para pensar sobre isso.

 

Conclusão

Planejar seu casamento não precisa ser algo estressante. São muitas as tarefas a serem realizadas, inúmeros fornecedores para lidar, mas basta que se siga um checklist como esse para organizar tudo de forma tranquila.

E por mais que exista uma tradição de que é a noiva e sua mãe que tomam a frente dessa organização, é fundamental que o noivo participe ativamente para que tudo transmita a personalidade do casal.

Um ponto que contribui bastante para que todas as etapas sejam realizadas sem dificuldades é a presença de um bom cerimonial. Esses profissionais fazem a intermediação entre clientes e serviços, indicam boas opções aos noivos e tranquilizam todo esse processo.

Há ainda a opção de contratar um único fornecedor, o que também facilita bastante. Você aluga o espaço e todo o restante da festa vem incluído: buffet, atrações, decoração, música.

Se você não tem muito tempo ou acha difícil organizar tudo sozinha, este modelo é uma ótima saída. E muitas vezes o valor fica melhor do que se os serviços forem contratados individualmente.

O mais importante de tudo é ter tranquilidade e respeitar os seus próprios limites. Assim, você chegará no grande dia radiante, com tudo perfeito, da forma como você sempre sonhou.

 

Gostou do nosso check-list? Ficou com alguma dúvida? Escreva pra gente!

E se ainda não se inscreveu na nossa newsletter, aproveite para efetuar o seu cadastro. Você receberá diretamente em seu email todas as atualizações do nosso blog.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Posts Recentes