25/06/2019 18:00:00

CASAMENTO

Guia Completo do Casamento Religioso em Belo Horizonte

 

Casar-se é um sonho para muitas pessoas. Celebrar o momento da união de duas pessoas que se amam é, de fato, um dos marcos na vida de um indivíduo. E essa celebração é um momento único, em que o casal pode manifestar toda a sua fé. Por isso, a tradição de se casar em um igreja nunca sai de moda.

Para aqueles que desejam realizar um casamento religioso em Belo Horizonte, preparamos esse guia completo sobre os principais pontos que devem ser observados na ocasião. Processos, prazos, documentos e preços são alguns deles. 

Acompanhe!

Documentos para casamento religioso em Belo Horizonte

documentos-casamento-religioso-sua-sala-eventos

O casamento religioso em Belo Horizonte só acontece se o casal apresentar os documentos necessários. Eles podem se referir à requisição da própria Igreja, seja evangélica ou católica, ou à uma determinação legal. É o que acontece quando os noivos pretendem ter um casamento religioso com efeito civil. 

Cada igreja possui suas próprias regras e procedimentos, mas, em geral, os documentos pedidos são:

  • Ficha de duas testemunhas, que devem ser maiores de idade, não podendo ser pai pai e mãe. É preciso apresentar nome, idade, RG, estado civil, profissão, nacionalidade e endereço completo;
  • Carta do padre e cópia da identificação presbiterial: para os casais que convidam um padre que não é o da própria paróquia;
  • Licença de paróquia: requisitada quando o casamento acontece em paróquia diferente de um dos noivos;
  • Certificado da comunhão e crisma (se tiver);
  • Cópias autenticadas do RG e CPF do casal;
  • Cópia de comprovante de residência;
  • Certidão de batismo dos noivos;
  • Certificado do curso de noivos;
  • Taxa da igreja.

Procedimentos e prazos

casamento-religioso-efeito-civil-sua-sala-eventos

Casar separado no civil? Muitos noivos optam por realizar o casamento religioso com efeito civil. Neste caso, existem prazos e procedimentos que devem ser adotados para que ele seja válido:

  1. Entre 30 e 60 dias antes do casamento, agende no cartório a retirada da habilitação de casamento (na retirada, é preciso estar com as duas testemunhas);
  2. Após a cerimônia religiosa, retire o termo de celebração de casamento com efeito civil na igreja;
  3. Reconheça firma do termo e leve o documento para o cartório onde deram entrada no processo de habilitação (prazo de 90 dias após a celebração). O termo será trocado pela certidão de casamento.

Além dos prazos para os casamentos religiosos com efeito civil, existem outros que devem ser conhecidos pelos noivos.

O primeiro é o prazo para marcar a data na igreja. Muitas delas abrem a agenda com um ano de antecedência. O ideal é ligar para aquela de sua preferência e se informar, pois cada uma possui uma regra.

Após marcar a igreja, o processo do casamento se inicia com 3 meses de antecedência. A primeira reunião dos noivos e de suas duas testemunhas com o padre se chama informação matrimonial. Nela, trata-se de temas relacionados com o casamento e dos requisitos necessários.

Ao final do processo, é emitido um documento que atesta que os noivos estão habilitados para casar. Em outras palavras, é um certificado de casamento, que autoriza a celebração. Em seguida, o casal pode fazer o “curso de noivos”. Esse curso é obrigatório para que os noivos recebam o sacramento católico. Ele pode ser realizado em qualquer igreja, não sendo exigido que seja feito na igreja onde ocorrerá o casamento. Dê uma olhada com antecedência, porque as datas são concorridas.

Valores para casamento religioso em Belo Horizonte

Os valores para casamento religioso em Belo Horizonte variam conforme a igreja e os serviços inclusos. Algumas oferecem um pacote fechado com decoração, música, taxa de limpeza e cerimônia, enquanto outras dão um preço somente para a cerimônia. 

Na capital mineira, a maioria das igrejas cobram entre R$ 450,00 a R$ 1.000,00 para realizar a cerimônia, sem contar a taxa de transferência (quando a igreja não pertencer à sua paróquia).

Casamentos evangélicos

casamento-religioso-evangelico-sua-sala-eventos

Os casamentos evangélicos são bem mais simples, em termos de procedimentos e burocracias. Para começar, o casamento não é um sacramento, mas uma instituição divina, uma meio de obter as bençãos para formalizar a união perante a comunidade e a família. Não há obrigatoriedade de se casar em um templo. Muitos casais, porém, optam por realizar a celebração na igreja em que congregam.

Cada denominação cristã que segue a linha evangélica (batistas, pentecostais, metodistas, adventistas etc) tem seus ritos próprios. De comum, tem a conversa com o pastor ou ministro, que dá o tom do evento e as orientações aos casais. 

Em geral, não há taxas para realização da celebração de casamento religioso nas igrejas evangélicas, e só é necessária a apresentação da identidade dos noivos.

Escolha da igreja

igreja-sao-francisco-assis-pampulha-casamento-sua-sala-eventos

A escolha da igreja é um momento muito importante para realizar um casamento religioso em Belo Horizonte. Isso porque existem aquelas muito disputadas, como a Igreja São José, recentemente restaurada, e a Basílica de Lourdes, a queridinha das noivas. 

Se você é uma mulher que sempre se sonhou em casa em uma determinada igreja, saiba que se planejar é fundamental. Em geral, é preciso ao menos 1 ano de antecedência para conseguir uma data.

Mas se você não faz ideia do local, visite as igrejas da sua religião e leve em consideração o acesso, a capacidade, o celebrante e a estética. 

Roteiro da cerimônia: missal

missal-casamento-religioso-sua-sala-eventos

O roteiro da cerimônia religiosa já é conhecido por quase todo mundo. E ele pode vir descrito no missal. Esse livreto contém todas as celebrações das missas. Já não é muito comum nos casamentos atuais, mas, para quem gosta de tudo personalizado, é um elemento bem interessante.

Ele deve trazer todo o roteiro da cerimônia de forma objetiva, de modo que os convidados acompanhem cada passagem do rito. Isso pode ser ainda mais emocionante, porque envolve os presentes de maneira mais assertiva. Para os mais próximos, serve também como lembrança.

Práticas não recomendadas

O casamento religioso em Belo Horizonte é um momento muito importante para o casal. Por isso, muitos querem que sua cerimônia seja única e inesquecível. Alguns, inclusive, exageram em algumas práticas e comportamentos. Veja o que não fazer em um casamento religioso: 

  • Vestir-se de forma inapropriada: o lembrete vale para os noivos e para os convidados. Ainda que o convite de casamento dê a entender que a festa será descontraída, é preciso ter cuidado para não adotar um traje inusitado. Transparências que deixam a roupa íntima à mostra não é legal, assim como roupas muito ousadas, sensuais ou exóticas.
  • Alterar a disposição e os elementos da igreja: apesar de a personalização ser um ponto alto dos casamentos, a decoração da igreja deve seguir à risca as regras da paróquia. Em geral, não se pode mudar a disposição dos bancos ou trocá-los por cadeiras. 
  • Colocar luzes de neon: por mais baladeiro que o casal seja, as luzes de neon devem ficar reservadas para o espaço da festa. As luzes coloridas podem trazer bons efeitos para as fotos, mas tudo deve respeitar as recomendações da paróquia, que são mais sóbrias.
  • Escolher uma trilha sonora inadequada: o casal pode escolher muitas músicas que combinem com sua cerimônia, mas deve ter bom senso e cuidado para não optar por letras inadequadas, com temas que não combinam com o momento de fé. Tome cuidado também com o volume.
  • Fazer votos ousados: intimidade, como o próprio nome sugere, é melhor quando o casal está a sós. Em geral, os padres, ministros e pastores não gostam de expressões muito ousadas sobre o relacionamento na hora dos votos.

Dúvidas sobre casamento religioso em Belo Horizonte

noiva-gravida-casamento-religioso-sua-sala-eventos

O casamento religioso em Belo Horizonte pode levantar algumas dúvidas no casal, especialmente quando um dos noivos não professa nenhuma crença. 

A primeira delas é a possibilidade de se casar no catolicismo sem estar batizado. Se um dos noivos é católico, ele deve ser batizado. Se o outro professa outra religião, não é obrigado a se batizar, mas será necessária uma autorização especial para casamentos de diferentes cultos. 

Já a primeira comunhão tem uma regra particular. Se os noivos fazem questão de ter a missa de casamento, quem não completou a primeira comunhão deverá fazê-la durante a organização. A crisma não é obrigatória. Em qualquer caso, será preciso fazer o curso de noivos.

E a noiva grávida? Essa é uma questão. Para fazer um casamento religioso em Belo Horizonte com a noiva grávida, é preciso conversar com a paróquia. A maioria das igrejas católicas não realiza casamento quando a noiva está grávida.

Principais igrejas católicas e evangélicas de BH

Agora que você sabe os principais pontos sobre o casamento religioso em Belo Horizonte, veja algumas das principais igrejas católicas da cidade:

As igrejas evangélicas muito requisitadas para casamento religioso em Belo Horizonte são:

Já está pronta para realizar seu casamento religioso em Belo Horizonte? Escolha a igreja dos seus sonhos e dê prosseguimento ao planejamento!

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Posts Recentes

O Que Não Pode Faltar em um Casamento Boho Chic

Ver Mais

Brunch. Uma forma elegante e moderna de realizar o seu casamento

Ver Mais

Casar no civil: saiba todos os detalhes!

Ver Mais

O Check-list definitivo para planejar o seu casamento.

Ver Mais